12 de agosto de 2009

Surpreenda-se com o GOOGLE

Ao procurar no site da google "agressive inline brasil"

Eis aqui apenas um pequeno trecho....

No Brasil, o Aggressive Inline surgiu em 1992. Os pioneiros na patinação radical em linha foram Cassio Mariani, Fabiano Kenji, Helio Fagundes, Reinaldo (buchecha),Antônio Escorel, Alex Leite(Savaneiro), Renato Kaneshira(Kamikazee), Marcelo Kaneshira,Thiago Negão, Marcinho, Fernando de Souza Campos (niggas), Kim Olsen, Tiago Pinho (Cuia), Aranha, Gil, Leonardo Bastian entre muitos outros. Nessa época começaram a ser realizadas muitas competições, através da Tuca e da extinta ASA BRASIL (agressive skaters association), que durou até nosso esporte não ser mais "comercialmente viável" em meados de 1999.

No ano de 1992 e 1993 o Tarmac-CE chegou ao Brasil. A maioria dos praticantes de esportes radicais nem sabia que aquele bizarro patins de cadarço e velcro tinha sido feito por feras americanas, feras que desafiavam todos os obstáculos naturais do street.

Em 1994 o patins Tarmac-CE ganhou fama no Brasil, a tal ponto dos patinadores agressivos ocuparem lugar de destaque em veículos de comunicação do Brasil. Este fato gerou congestionamento nas ruas, deixando os skatistas com alguma inveja.

O Aggressive Inline, passou por épocas difíceis no Brasil, onde era difícil encontrar espaços próprios para patinar, equipamentos de qualidade e principalmente apoio/patrocínio, que é o incentivo máximo que pode-se dar a um atleta.
Porém desde 1996, alguns atletas da modalidade street continuaram a patinar, mesmo com todos os reveses. Esses atletas eram principalmente do Rio de Janeiro e São Paulo.

Alguns anos se passaram até que alguns atletas do Rio de Janeiro criaram uma página chamada "CPI-MAG", que hoje é o principal canal de contato com os patinadores de street do Brasil. Além da Cpi

Alguns videos das antigas (eu sei que tem muitos outros) mais vai aqui dos meus amigos mais próximos..

Um comentário:

Felipe disse...

style de mais manooooooo
fiquei em choque...
nao tinha visto esse video